Quem faz o F2iBAM

A proposta do F2iBAM foi concebida pelo Grupo de Trabalho em Bioeconomia (GT Bioeconomia) da iniciativa Uma Concertação pela Amazônia do qual a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Amazonas (SEDECTI-AM) faz parte. Uma Concertação pela Amazônia é uma rede que começou a se formar em 2020 e já reúne mais de 200 lideranças de diversos segmentos da sociedade brasileira com o objetivo comum de desfragmentar as iniciativas de desenvolvimento sustentável na Amazônia, ampliando seus impactos.

O GT Bioeconomia foi constituído gradualmente ao longo dos últimos meses de 2020 e se consolidou no início de 2021, motivado pela existência de diferentes visões sobre a bioeconomia no contexto da Amazônia, e pelas implicações dessa diversidade de bioeconomias para os negócios, os investimentos e as políticas públicas, conforme registrado no artigo O valor da diversidade para a bioeconomia, que resultou das primeiras discussões do GT e orientou a estruturação do F2iBAM.

Além de ser uma construção coletiva, o desenvolvimento do programa do F2iBAM adotou como princípios norteadores: a conservação da biodiversidade amazônica, o emprego de ciência e tecnologia para o uso sustentável da biodiversidade, a diminuição das desigualdades sociais e territoriais e a expansão das áreas florestadas biodiversas e sustentáveis.

Ao longo do processo em que a comissão organizadora desenvolveu o conceito do evento, outros parceiros se uniram ao planejamento, como foi o caso do Consórcio Interestadual da Amazônia Legal. O GT Cultura e Educação, por sua vez, discutiu formas de integrar a diversidade sociocultural da Amazônia Legal ao evento e fez a conexão com artistas da Amazônia cujos trabalhos ilustram os materiais de divulgação. Um dos objetivos desse grupo de trabalho é garantir que a arte e a cultura estejam sempre presentes nas discussões, ultrapassando os aspectos ilustrativos e de entretenimento e fazendo emergir informações sensíveis. Outros parceiros importantes são o Banco Interamericano de Desenvolvimento e os patrocinadores do evento.

ARTISTAS

Um ribeirinho pós moderno, tecnológico, nascido e criado nos entremeios de rios, igarapés, trilhas na floresta, e em intensas vivências junto a comunidades ribeirinhas e povos tradicionais amazônicos. É essa Amazônia com seus cheiros, cores, sabores, composições e tradições que me inspira e se transforma em matéria prima de criações que passeiam por vias digitais e analógicas.
91 98580-4409
kamboarts@gmail.com
@kambo.art

Chermie Ferreira, 33 anos, amazonense, há 17 anos na arte urbana, mais recentemente ela também se tornou Wira Tini, cujo significado em Kokama é Pássaro Branco. Como peixe, nada forte e vence qualquer curso de água e como pássaro voa longe para conhecer o mundo e homenagear o seu povo e a sua história pessoal.
11 96277 5821
chermieferreira@gmail.com
@ruido.das.aguas
Fan page 

Rakel Caminha, 27 anos, é Artista Multimídia, formada em Publicidade e Propaganda. Atua como publicitária e também desenvolvedora artística de projetos e obras em diversas técnicas, atendendo segmentos como: criação de artes gráficas para capas de CD, ilustrações de livros, e exposições coletivas e individuais. 

92  98107-0403
rakeldealencar@gmail.com
@rakelcaminha 

APOIO

(instituições ou empresas que estão contribuindo com assessoria técnica)

PATROCÍNIO

REALIZAÇÃO

Rolar para cima